Bem-vindo ao LusoHipHop.
Especialista em vazamento...
Responsável pelas entrevistas do blog.
Responsável por encontrar músicas para o blog
Responsável por uploads de grande tamanho
Responsável por encontrar artigos para o blog

ROLL UP [KANHANGA]

| 6 comentários | segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011
|


MIXTAPE CLÁSSICO [WILL G]

| 0 comentários |
|

will_g_classico_2011_mixtape

Sabádo à 00h, estará disponível a mixtape "Clássico" depois de 2 faixas, o músico Will G decide então soltar a mixtape "Classico" que se encontrará disponível em: http://dywanvip.blogspot.com e http://ls2207.webs.com/download.htm

 

Como ja referido a mixtape conta com as participações especias de: KB Max, Pina G & Jlz a.k.a Kamikaze Style.

 

Produção Musical: Bigsom Records

Design: LS2207


MEGA SHOW DE KID MC

| 0 comentários | sábado, 26 de fevereiro de 2011
|

kidcartaz_600px


RETROSPECTIVA DO SHINE [BIURY SHINE]

| 0 comentários | sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011
|

BIURY_SHINE_PANFLETO_BREVEMENTE[2]

Musica: Únicos (Biury Shine e D. Bank)
Titulo: Retrospectiva
Estilo: Rap
Instrumental: Ricardo 2R
Gravado e Misturado: Na Bom Vibe Por Biury Shine

 

 

Link para download: Mediafire


PASSATEMPO DO ÁLBUM DO MAGISTRADO

| 0 comentários |
|

mag cover

 

O álbum ''Libertação Espiritual'', de Magistrado (de Portugal), mostra a sua evolução como músico. Podemos encontrar uma mistura explosiva de sentimentos e palavras, que se cruzam gentilmente com uma sonoridade atraente e agradável providenciada por instrumentais sublimes, que nos levam numa viagem entre a Soul, o Rap e o Jazz. O disco teve a produção de um dos produtores mais conceituados do Hip-Hop Português, Kilu, o que ajudou a criar uma base ainda mais forte que sustenta este projecto.


O álbum está à venda de forma independente e pode ser adquirido em qualquer país Lusófono. É só enviar um email para encomendaoteudisco@hotmail.com ou ligar para os numeros (+351) 967621342 / (+351) 911828965 e receberão todas as informações necessárias para poder comprar o álbum.


Para conhecerem melhor este projecto, decidimos disponibilizar um snipet para download, onde podem ouvir um pequeno excerto de cada faixa. (www.multiupload.com/R6QM4OYD06)

Passatempo:

Temos um passatempo para oferecer 5 álbuns. Basta para isso ouvirem esta faixa (www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=e5iSxOq4yfs) , criar uma frase criativa e enviar para o email magistrado_passatempo@hotmail.com. O passatempo dura até dia 7 de Março. As 5 frases mais originais ganham! Os vencedores serão contactados via email para receberem o prémio. Todos podem concorrer, em qualquer país Lusófono.


UM POR MÊS [GANGSTA PICK]

| 0 comentários |
|

IMG_1363

Um por mês, é uma epopeia pelo qual Gangsta Pick propôs-se a enfrentar durante este ano de 2011. O rapper pretende tirar uma música por mês, durante este ano para manter a chama acesa.

 

A primeira música intitula-se aquecimento e é alusivo ao mês de Fevereiro, as outras virão na medida em que o tempo for passando...

 

Aquecimento (Prod. Godfather)

 

Link para download: Hulkshare


NOVAS MÚSICAS DE REPTILE

| 0 comentários |
|

Tile

 

No início da semana, o blog da Pirline soltou duas músicas novas de Reptile, as primeiras de 2011. Baixem a cena e deliciem-se.

 

01. Pirline Fortaleza Voadora

02. Black And Yellow (Freestyle)

 

Link para download: Mediafire


DECRETO 109 [MAD NIGGAZ]

| 3 comentários |
|

image[2]

 

Link para download: Mediafire


PURO WI [ABDIEL]

| 1 comentários |
|

image[15]

 

Abdiel é um nome que dispensa apresentações… O mano está a preparar mais um capítulo da saga O Especialista, trata-se do Vol. 4: O Troglodita. Fiquem atentos para mais novidades deste que considero um dos melhores rappers do país. Enquanto O Troglodita não chega, fiquem com o Puro Wi.

 

Link para download: Mediafire


PROMOS DA MIXTAPE O HÍBRIDO [HIDROGÉNIO]

| 0 comentários |
|

Hidro

 

Já disponível para download as músicas promocionais da Mixtape O Híbrido do meu mano Hidrogénio, directamente de Benguela. Baixem as cenas e curtam…

 

Paz

 

Tracklist:

01. Chamada de Atenção (ft. Wander Rosa, Master e Nico Xuxa)

02. Pra Quem Me Faz Respirar

 

Link para download: Mediafire


TRACKLIST DA MIXTAPE OUTRA DIMENSÃO [BNH]

| 0 comentários |
|

201102121396


VIVE [FELIPE KEELS]

| 0 comentários |
|

KEELS_SINGLE_VIVE[5] (2)

 

Link para download: Mediafire


CLEÓPATRA (COM JORGE MÁRCIO) [SLASH]

| 0 comentários | quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011
|

HIT SINGLE CLEOPATRA

Link para download: Mediafire


PROMOS DA MIXTAPE COELHO DA PASCOA [MAXKILL]

| 8 comentários |
|

maxkill

 

Tracklist:

01. Caçador de Mulheres

02. Prima Cash e Swagg (Com D. Zara e R. Shine)


SADDATH (2ª SEMANA)

| 0 comentários | quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011
|

Mix

4ª feira chegou e com ela vieram mais duas músicas de Saddath, tal como prometido. A mixtape Tranxpiração deverá estar nas ruas em Março, ainda sem data certa. Baixem as cenas e comentem.

 

Paz

 

Tracklist:

01. Mulherex (Com MV Bill)

02. Fogo Cruzado (Com Psykho)

 

Link para download: Mediafire


SKILL (PARTE 1 COM CRAF, UNDERSKILL E YOUNG PUNK) [ENOQUE SHINE]

| 0 comentários |
|

Imagem

 

Link para download: Mediafire


MIXTAPE A ÚLTIMA GARRAFA (EDIÇÃO ESPECIAL)

| 0 comentários |
|

Banner_1.2


SOU TÃO NOVA ERA [GAGO G]

| 0 comentários |
|

Flyer (1)

 

Tracklist:

01. Official Girl (Com PWG & Young Money)
02. Mostra-me O Que Vales (Com Young Money & Prelúdio)

 

Link para download: Mediafire


DIZ-ME O QUE FAÇO! [DINOBOY]

| 0 comentários | terça-feira, 22 de fevereiro de 2011
|

Diz-me o q fao pic

Link para download: Mediafire


APERITIVO PARA A MIXTAPE PONTO DE INTERROGAÇÃO

| 0 comentários | domingo, 20 de fevereiro de 2011
|

Cover_X3 

Big Hernani e X da Questão. Dois nomes que representam um indivíduo com um longo e frutuoso caminho na estrada do Hip Hop angolano. Para quem acompanhou o Big Show na altura dos freestyles e para quem o ouviu na Mixtape De C à X, além dos que tiveram o privilégio de ver essa mente fantástica actuar ao vivo, certamente nunca o esqueceu.


Lembro-me de ouvir muita gente questionar (principalmente após à Mixtape De C à X) porquê que o X da Questão não lançava um CD ou mais músicas.


Atendendo ao pedido da sua consciência de ver os seus pensamentos registados em forma de audio, o MC da Cérebro Records decidiu gravar a Mixtape "Ponto de Interrogação" que antecede o Álbum que virá brevemente. A Mixtape contará com fortes líricas, daquelas de jamais esquecer, não só pela profundidade que apresentam mas também na diversidade e temas distintos assuntos, bem como a forma como ele aborda.


Como prova, Kennedy Ribeiro, da Cérebro Records, disponibilizou um pequeno Aperitivo, que dá as boas vindas à Mixtape que será lançada no dia 27 de Fevereiro no Cine Atlântico, horas antes do show do Bob. Espero que gostem!

 

Link para download: Mediafire


EPISÓDIOS DE PRA ONDE VÃO AS PESSOAS [CABES]

| 0 comentários |
|

 

Cabes029

Salve amigos e colaboradores,
venho por meio deste compartilhar com vocês três vídeos "lançamentos" desta semana:
O primeiro vídeo é o 1º episódio, onde mostra um trecho da música "Hora do Rolê 2", produzida por Dingo Beats.O segundo vídeo é o 2º episódio do meu próximo cd "Pra Onde As Pessoas Vão", os episódios são uma série com mini-vídeos mostrando um pouco sobre como está o novo trabalho. A música deste segundo vídeo é "Não Nasci pra Ensinar", uma reflexão sobre os verdadeiros laços que temos com as pessoas próximas onde somos seres feitos para aprender em cada momento, em busca sempre de evolução. Música com produção própria que cita alguns momentos, situações, amigos e pessoas que fazem parte do meu ciclo de crescimento. Vídeo capturado e editado por Fred Freie & Perna Man.

 

 

 

 

O terceiro vídeo é a apresentação da já consagrada música "Hora do Rolê" Ao Vivo no Festival Yo! Sallve 10+ que aconteceu dia 20 de Novembro de 2010 em Curitiba, no Moinho Eventos. Este foi uma mega festival de Hip-Hop que juntou uma seleção de artistas do Rap Nacional como: Pentágono, Elo da Corrente, Lurdes da Luz, Contra Fluxo, Rapadura, Rodrigo Brandão e de Curitiba Cabes, Karol Conká e o apresentador Nairobi, além dos Dj´s Peen, Anaum & Etê. Este vídeo foi capturado e editado por Perna Man.

 


RONALDO FENÔMENO [KANHANGA]

| 0 comentários |
|


I LOVE YOU (C/ ACE NELS) / ABRAM AS PORTAS (C/ D-LON) [AJAY]

| 0 comentários |
|


ÚLTIMA CEIA VOL. 2 (PROMOS) [13º DISCÍPLO]

| 0 comentários |
|

vol.2

 

RAW2

Link para download: Usaupload


CLÁSSICO HIP HOP TIME AWARDS 2010 (MOÇAMBIQUE)

| 0 comentários | sábado, 19 de fevereiro de 2011
|

CHHT

 

Finalmente teve lugar no passado dia 12 de Fevereiro no Cine Teatro África a “Festa de Prémios ClassicoHipHopTime 2010”. Foram cerca de 6 meses em que a equipe de produção esteve envolvida nas várias actividades “A caminho dos 15 anos do HipHop time” cujo términos teria lugar em meados de Novembro. A equipe de produção da Rádio Cidade viu-se numa luta incessante para fechar de forma minimamente condigna os festejos dos 15 anos do programa e fazê-lo com a festa de prémios ClassicoHiphoptime 2010. Tendo passado por algumas dificuldades por conta da conjuntura económica do país, o espectáculo de premiação dos artistas rap a nível do programa hiphoptime só veio acontecer no passado dia 12. Em causa estava a aquisição dos troféus (molduras) e espaço para a realização e outros custos de produção. Depois do devido seguimento a estas questões, perseverança e mesmo com pormenores realizados em cima do joelho aconteceu o famoso “Hiphoptime Awards 2010”.

 

Particular destaque foi para os membros da Cotonete Records(Iveth, Rage, Azagaia) que levaram a maior parte dos prémios tendo Azagaia somado dois prémios entre eles “Melhor MC” e “Artista Popular”. Ficam aqui algumas imagens do “Grande Show” do qual os artistas, ouvintes, críticos e círculos importantes de opinião afirmam que houve justiça nas premiações e que o espetáculo em si foi um sucesso, apesar do atraso no início e os constantes cortes de energia parciais que tiveram, lugar no Cine África devido a oscilação de corrente. O ClassicoHipHoptime não pretende realizar (pelo menos por enquanto) nenhum tipo de espectáculo até o fim do ano, sendo que limitar-se-á algumas vezes a levar as suas emissões para fora de estudio com objectivo de interagir com os ouvintes e demais rappers de forma mais descontraída.


Os Premiados

Melhor Musica: “Disco duro”-3H

Melhor Produtor: Ell Puto

Melhor Rapper Masculino: Rage

Melhor Rapper Feminino: Iveth

Melhor Colaboração: “Verdadeira amizade”-Crack e K Real

Melhor Remistura: “Passa a palavra”-Shakal-Dominatio Remix

Melhor Album: “Ultimas palavras”-Y Not

Melhor Grupo de Rap: Kapacetes Azuis

Melhor Grupo Underground: Sociedade Anónima

Melhor Urbano Tradicional: Xitiku ni Mbawula

Melhor MC: Azagaia

Artista Revelação: Nikel

Artista Popular: Azagaia

 

CHHT1

Iveth e Rage exibindo os seus respectivos troféus (molduras) e os de Azagaia (ausente)

 

CHHT2

Kaus exibindo o troféu de Ell Puto (ausente) produtor do tema "Randza" de Trio Fam

 

CHHT3

Feling Capela apresentando o prémio Melhor Musica "Disco duro" de 3H (ausente)

 

CHHT4

Xitiku ni Mbawula com o prémio Melhor Urbano Tradicional (no fundo o grupo S.T.O.)


RAP PURO [CÉLIO PY]

| 0 comentários |
|

Clio P

Link para download: Sendspace


DICAS DO MOMENTO VOL. 1 [GEORGE BAV]

| 0 comentários | sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011
|

DICAS DO MOMENTO_FRONT

 

DICAS DO MOMENTO_BACK

 

 

Depois de ter participado na “Mixtape o Ultimo Samurai Vol II” e de estar ausente nos blogs, George Bav está de volta com muitas novidades para 2011. Em 2010, o mano começou a trabalhar na sua mixtape com o nome “Dicas do Momento Vol. I”, mas por certos motivos a cena não pode sair no mesmo ano. Ainda para 2011 o mano pensa em lançar as “Dicas do Momento Vol. 2” e mais uma mixtape ainda sem nome.

 

Link para download: Mediafire


BLACK AND YELLOW (REMIX) [KANHANGA]

| 0 comentários |
|

Black and Yellow 1

 

Link para download: Mediafire


SADDATH

| 1 comentários | quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011
|

Foto407

Saddath prometeu lançar neste blog duas músicas todas as quartas-feiras, durante 7 semanas e hoje foi dado o pontapé de saída. Sozinho com Você e A Carta são as músicas que fazem a estreia deste espaço, na primeira música Saddath apela à valorização das verdadeiras amizades e a segunda, trata-se de um remix da música de Impro e Sam The Kid… A Carta.

 

Baixem a cena e curtam… Próxima semana haverá mais Saddath.

 

Link para download: Mediafire


O HIP HOP A MORRER – TEXTO DE MANDA BOCAS

| 4 comentários | quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011
|

Caríssimos

 

Sejam muito bem-vindos a mais uma reunião a volta da árvore mujimbeira do movimento. Mais uma vez as palavras aqui se erguem como catanas a faiscarem ideias da luta armada em prol do movimento.

 

A presente edição começará com uma citação do registo discográfico de uma das maiores lendas do hip hop Americano, ele mesmo Nas e a música é We Will Survive”, registada na terceira obra e segunda dupla platina I Am, lançada aos 6 de Abril de 1999 pela Columbia Records. A música “We Will Survive” é uma homenagem aberta aos dois expoentes máximos do hip hop Tupac Shakur e Notorious B.I.G bem como é uma reflexão do artista sobre a condição sócio económica da juventude afro africana. Este sonoro é também considerado por alguns como sendo a faísca lírica que ateou fogo a palha do ego do Jay-Z e que terá despoletado posteriormente o beef entre os gigantes mas isso é um aspecto que abordaremos noutra edição, por ora centremo-nos na passagem da primeira estrofe em homenagem ao Biggie onde Nas esboça o seguinte:

“I used to make records just to see your response” por Nas

Às elações que podem ser extraídas daqui são inúmeras entretanto a que me chegou particularmente foi a seguinte e passo a explicar. Tal como os produtores fazem e retiram porções ou extractos de canções antigas, contemporâneas ou mesmo modernas para com o chamado “sample”, ou seja, para com a “amostra” que passo a chamar recorte, poderem então recriar e criar. Ora, a mesma técnica do recorte é usada pelos mcs que muitas vezes usam extracções ou porções recortadas de versos doutros mcs para criarem novas músicas, um exemplo vivo disto é claramente a música Dead Presidents” do single promocional do álbum Reasonable Doubt de 1995 de Jay Z, o artista na música usa um recorte do verso de Nas da música “The World is Yours”, e o extracto em questão usado por Jigga é o que se segue:

 

President to represent me

I´m out for Presidents to represent me

I´m out for dead presidents to represent me por Nas

Portanto, nesta arte é característico os artistas usarem passagens uns dos outros quando estas são inspiradoras pela positiva ou ainda quando estas inspiram ou motivam beefs pela negativa. A técnica vai além, pois tal como indica a primeira passagem da edição de Nas, muitos artistas iniciarem mesmo um processo de resposta discográfica para por intermédio discográfico responderem a obras de outros ou a passagens de outros mcs em determinadas músicas. O curioso é que esta tendência também não ficou longe do nosso movimento e o foco nesta edição recai sobre o tema Hip Hop a Morrer” do disco Renascimento do Tubarão Branco de 2010 de Sandocan.

 

Como é constatação geral, o ano de 2010 foi um ano que registou uma conta baixa de obras de hip hop nacional no que toca essencialmente tiranges direccionadas para o grande público, é claro que isto foi motivado por vários factores como a falta de condições económicas ou musicais por parte dos artistas para se produzirem obras ou ainda insucessos no campo musical ou tentativas falhadas de entrada no mercado musical, falta de adesão ou incapacidade de escoar as músicas nos diferentes canais musicais ou o afastamento do campo musical em função da opção pelo campo laboral noutros ramos por motivos de sobrevivência e se continuarmos a listar poderemos detalhar um horizonte infinito de razões pelas quais as obras não foram produzidas no ano de 2010.

 

Seja como for voltando a questão resposta, a música “Hip Hop a Morrer” é determinadamente uma das melhores do ano transacto senão mesmo a que maior impacto teve sobre o movimento. O tema retrata o estado geral desta arte no reduto nacional, o nosso já conhecido exército intervindo pelo braço do seu general faz uma chamada de atenção ao Movimento expondo as carecas, a farsa, a vaidade, a falta de sentimento genuíno, o pouco trabalho, a falta de perseverança e aorientação dinheirista por parte de alguns artistas. Factores estes que estão a roubar a essência desta arte e consequentemente a deteriorar a orientação deste estilo artístico. O puxão de orelha sentiu-se mais severo para alguns devido ao efeito surpresa  e chamo-o assim pois para os mais críticos e menos atentos a Army Squad foi injustamente categorizada como sendo um grupo virado apenas para a música de festa, digo menos atentos pois estes não ouvem as obras ao detalhe e cingem-se apenas as músicas badaladas do grupo que ficaram na boca popular passando assim o rótulo de imediato. Esquecendo que na realidade muitas vezes os temas que ficam no ouvido popular não reflectem na integra o teor de uma obra discográfica ou não revelam a amplitude geral da alma dos artistas. Para os mais atentos e também menos preconceituosos na escuta musical não foi surpresa total pois estes estão habituados a ver aArmy a seu modo fazer intervenção desde o “Ela” e “Cabeça Vazia” no primeiro álbum “Firme”pela Bwé de Beats em 2002 e depois no primeiro trabalho discográfico do General da Army que volta a reunir o seu exército nos temas “Whisky Cola” e “Se eu Soubesse”  no registo intitulado “Tubarão Branco”  de 2007. Embora seja ponto assente este colectivo nunca se ter pronunciado com relação o hip hop e particularmente o movimento é de todo discutível a noção de que o General da Army e os seus companheiros sejam desprovidos da consciência critica característica deste estilo artístico.

 

Assim sendo, juntando o factor surpresa mais o facto desta música ter sido a primeira manifestação directa do colectivo para com o movimento, podemos adicionar ainda a constatação global de que o estilo está em crise ou senão mesmo morto tal como mencionado novamente por Nas no álbum de título Hip Hop is Dead de 2006 que tem como objectivo reaver a essência e apelar aos feitores a darem continuidade a tradição artística peculiar deste estilo. É bem verdade que a obra do artista surge anos depois do fabuloso tema I Used to Love H.E.R (Hearing Every Rhyme) da lenda de Chicago, Common Sense, tema extraído do registo discográfico Ressurection de 1994.Common na música faz uma analogia, dirigindo-se ao  Hip Hop como se de uma mulher se tratasse manifestando o descontentamento por vê-la tornar-se fútil, usada e banalizada. Portanto como pode ser comprovado pela perspectiva histórica o fundamento de que esta arte tem estado em colapso não é necessariamente uma tese nova e despontou há muito nas reflexões deste titã musical, ele mesmoCommon Sense. Ora, postas estas cartas a mesa se torna mais fácil compreender o peso que o tema “Hip Hop a Morrer” comporta, uma vez que tem sido manobra sistemática por parte dos gigantes usarem esta chamada de atenção com o objectivo de fazerem ressurgir o real espírito do movimento e isso também é nos  revelado no tema U Gotta Do for Love interpretado por Laton “Babee Liaton”, integrante do lendário grupo Kalibrados, tema extraído da mixtape do artista de 2007/2008 onde o mesmo diz:

 

O a vontade que transpareço a dureza que eu te ofereço

“Deixa claro que o Hip Hop tem valor mas não tem preço”

“O Nas foi mais inteligente cagou na controvérsia

Porque salvar o hip hop é bem mais URGENTE”

Mas o mérito de uma lenda vem sempre depois

E eu vou manter vivo o hip hop e verdadeiro por mais gerações por Laton “Babee Liaton”

Assim sendo,  o ataque ou critica severa na arte hip hop é uma das tácticas usadas para provocar respostas imediatas como a que se quer num momento onde despontam artistas que tendem desvirtuar ou mudar a orientação do estilo e põem em risco a sua continuidade tal como se deseja. O puxão de orelha foi tão severo que determinadas vozes sentiram de imediato a obrigatoriedade de manifestarem suas opiniões no sentido de confirmar a vida e existência do hip hop e a resposta ao tema Hip Hop a Morrer de Sandocan e seu exército é orquestrada pelo duo que atende por Génesis na música Hip Hop, extraída da obra discográfica intitulada “Renascer do Meu Povo (Valorize o Angolano)” de 2010, a resposta traz versos claros e direccionados, vejamos determinadas passagens:

 

“Esses niggaz falam shit vira boca wi

Como é que o rap morreu se estou aqui”

“O rap vive isso é lógico

Se o rap morreu quando é que foi o óbito?”

“O rap vive ainda hj lhe vi

Vi no carro de um mwadie que ouvia SSP” por Action Nigga

“Que defunto é esse que ainda fala que ainda ouve

E quando abre a boca o mundo inteiro se move”

“Cada geração no mundo tem a sua era

Lamento que se o rap que tu fazes já era”

“Vem em frente impõe a tua posição

O rap que tu fazes é que é rap o dos outros não”

“És o campeão dragão, és o nosso capitão

Quero que tu saibas que o rap não morreu não” por Punidor

“Dizem que danço do milindro

Eu danço e até digo posso

Porque quando danço valorizo o que é nosso”

“Se rappers imitam o Jay Z

Porque não posso imitar Agre G “

“Valorizo tudo que é de cá

Por isso danço do milindro e até chupa lá”

“E o rap não morreu pra mim

Porque a cada dia nasce mais um mc”

“Tu és louco, rap vive bro

Na criança, pai e mãe na avo”

“Se amas o rap saiba o hip hop

Não morreu porque o teu coração bate” por Action Nigga

O que para muitos pode ter sido interpretado como beef aos meus olhos parece ser o resultado automático a terapia de choque usada pelo Sandocan e o seu exército e a terapia foi tão bem medida que de imediato vão surgindo outras respostas como podemos verificar na voz do sonante produtor e mc Raiva e na voz do Número 1 do Rap em Angola Big Nelo na música É Impossível”:

 

“Businesses são grandes e música é parte disso

Se o hip hop está a morrer ponho o meu coração nisso” por Raiva

“Puto, xé, sai, eu sou a praga

O hip hop não morre porque o Big da Carga”por Big Nelo

Como se pode ainda ouvir do digníssimo mc Kool Kleva na mixtape o Último Samurai V2” de 2010

 

Não casei com o rap eu sou raio desta merda

Sou macaco no meu galho e eu não caio dessa merda” por Kool Kleva

Ou como podemos também ouvir o incrível mc Benhur na faixa Rap Slaves 

“Não casei com o rap fiz amizade com ele

Tenho-lhe presente na mente, não preso na pele” por Benhur”

A terapia de choque de Sandokan e seu exército se mostra efectiva e sustentada pois além das vozes já mencionadas surge uma chuva de vozes eminentes de dentro do movimento confirmando e sustentando a chamada de atenção tal como pode ser comprovado em algumas vozes manifestadas no trabalho discográfico Mixtape de 2010 O Último Samurai V2 do nosso ilustre Dj Samurai”,como poderemos verificar abaixo:

 

“O rap ta cada vez mais wack está-se a degradar

Muitos infiltrados querem tomar o nosso lugar”  por Bob da Rage Sense 

“Colam-se com o DURO

Eu colo-me com o PURO”por Denexel

“Aconselha o teu empresário a fazer seguro de investimento

O rap tá decepcionar mais que gravidez antes do tempo” por Extremo Signo

“Há muitos rappers poucos com habilidade

Não preciso ser palhaço pra cantar a verdade” por Vui Vui

“A quantidade de cérebros a pensar na cérebro

São suficientes para libertar o hip hop do enterro

E se for para brincar de mcs

Peguem nas vossas caras e tentem no karaoke” por CFKappa

“Ouvi muitos álbuns, muitas merdas saíram

Muitos wís lançaram e nada raparam” por Lil Jorge

“O rap ta uma bosta

O movimento corre a conta gotas

Todo rapper é a merda, hip hop anda as moscas” por Kadaff

“Eu tive de aprender a saber fazer e saber ser

O rap esta em coma profundo, ok vou socorrer” por Raf Tag

“O under tá morrer, grande se vinga

Quero lá saber brother sandinga,

Quem num tá aguentar pode fugir

O que eu posso vós garantir é que o meu nome ainda não é MINGA” por Pai Grande o Poeta

As manifestações são inúmeras e todas apontando na mesma direcção do “Hip Hop a Morrer” o que torna a música do colectivo da Army bastante sustentada pois todas estas tencionam fazer ressurgir o espírito verdadeiro e reacender a chama do hip hop e muitas vezes os artistas se apedrejam entre si não prestando atenção ao facto de no fundo estarem a lutar pela mesma causa e a memorável resposta garantindo a vida, força, espírito e continuidade do hip hop surge no verso memorável deReptile que passo abaixo por completo:

 

A idade pesa, o tempo urge e nada fica pra depois

Isso é a mixtape do Dj Samurai parte dois

Segundo as más línguas o hip hop tá nas últimas

Enquanto não morrermos vou ter cá as minhas dúvidas

Somos a evidência de existência

Somos um movimento nos chamem de resistência

Similar a Martin Luther King ou a Malcom

Mesmo que me mates, faço história como o Michael

Chegamos ao fim nah isto é o princípio

Vem, mobiliza o teu município

Traz a tua squad brother traz a tua gang

Precisamos de mcs e não de gajas num harém

Pra cuidar a cultura nos ghettos e nas cities

Pra isso há um só caminho como o Viris

Vivo pela causa morro pela causa

Se alguém se mete no caminho brother eu corto pela cauda

Mcs, djs, graffiteiros e b boys

A todos que acreditaram e se mantêm real hoje

Muitos falharam mas esquece quem ta de costas

Avisem ao mundo inteiro o nosso hip hop ta de volta por Reptile

 

Conclusão, estamos de facto vivos e creio que a intervenção do Sandokan, Mankilla e Nkruman Bea não foi senão a de fazer os músicos afirmarem que o movimento perdura e que é através da música verdadeira e com essência que perduraremos. Assim sendo, este tema é sem duvida o tema com maior abrangência dentro do movimento e também na esfera popular devido a notoriedade que os artistas deste colectivo granjeiam no seio do grande público. Voltando a objectiva noutra direcção aRádio Luanda destacou o nosso querido Phathar Mak  como o artista hip hop do ano de 2010 e a meu ver no que toca o grande público ou máximo apelo popular no que toca este estilo apenas posso veicular dois nomes Kid Mc ou Sandokan e considerando o facto da obra do Kid Mc ter saído no fim do ano e a obra do Sandokan ter saído bem mais cedo e ter também tocado bem mais tempo e ter abrangido uma base de ouvintes bem mais extensa dentro e fora do movimento, acredito e sem querer roubar o mérito ao artista e pioneiro Phatar Mak, ou o empenho, talento, eloquência  e franqueza na obra do Kid Mc, acredito que a distinção deveria ser atribuída ao Sandokan pois o trabalho do artista falou por si e na realidade sem querer são manifestações deste género por parte dos meios de difusão massiva que tanto podem fazer com que os artistas se esforcem mais para produzir como podem fazer com que estes se vendam fazendo apenas o que as rádios e radialistas desejam, noutras palavras, manifestações do género podem de facto causar o enterro deste estilo musical! Portanto a iniciativa de criação da distinção  por parte da rádio é bastante salutar mas queremos imparcialidade e objectividade na eleição de artistas e queremos jornalistas que façam bem o trabalho de casa e que na eleição de artistas fiquem completamente de parte os corredores políticos e jogos de conveniência típicos da politica Angolana.

 

Comentários por

Manda Bocas


MIXTAPE OLHEM PARA ESSE WY (EM CD) [BLACK SAM]

| 0 comentários |
|

DSC00018 SS

Para quem não conseguiu baixar a Mixtape Olhem Para Esse Wuy de Black Sam, já pode obtê-lo em formato físico. Basta ligar para o 928701147 e receberá 1 dos 100 cds que Black Sam decidiu oferecer ao pessoal.


CAIXA DE SURPRESAS (COM REKRUTAH) [ROLEX]

| 0 comentários | terça-feira, 15 de fevereiro de 2011
|

Rolex e rekrutah - caixa de suprezas

 

Link para download: Mediafire


MIXTAPE LOVE OR HATE [REAL & SAM]

| 0 comentários |
|

Front2

 

Back (1)

A Mixtape Love Or Hate é o trabalho produzido por dois artistas 5Starz, Real Nigga e The Sam. Façam aí o download dela.

 

Link para download: 4Shared


FILHO DO HIP HOP [LIL BREEZY]

| 0 comentários |
|

Lil Breezy Cover

Link para download: Mediafire


DEVOLVA [Y-NOT]

| 0 comentários | segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011
|

Trofeu Devolva

 

Mais uma música típica de Y-Not, polémico ao dizer o que pensa e sem “papas na língua”. Devolva é uma música onde Yazalde mostra a sua oposição aos tops porque acha que a votação ofusca muitos talentos e pede para que os eleitos devolvam os prémios a aqueles que ele acha que deveriam ter ganho.

 

Baixem a cena e ouçam

 

Link para download: Mediafire


XAKAL DA GUN – BLOCOS, BAIRROS, BECOS (PROD. BEATOVEN)

| 0 comentários |
|

x1

 

Brevemente o site Illegal Promo vai disponibilizar para download um projecto do colectivo Da Gun (Portugal), através da nova rubrica 'Diggin The Loose Tracks'. Ao todos serão 3 volumes, que reúnem tracks que o grupo gravou ao longo da última decada. Para já, fiquem com um tema inédito, na voz de Xakal Da Gun, produzido por Beatoven, que fará parte do primeiro volume. Muito brevemente serão desvendados mais pormenores sobre o projecto!

 

Texto por Andreia Quaresma.

 


CIRCUITO FECHADO [MASTA K PRODUSONS]

| 2 comentários | domingo, 13 de fevereiro de 2011
|

MASTA

 

Circuito Fechado é um programa de rádio assinado pela Masta K Produsons, com o objectivo de promover Hip Hop do mundo lusófono. Trata-se de um espaço de divulgação alternativo onde os artistas gozam de plena liberdade de expressão e criação artística...

 

Links para download: Volume I / Volume II / Volume III / Volume IV


SADDATH, O RAPPER SINGULAR

| 0 comentários |
|

saddath1

 

Saddath é um rapper underground residente em Luanda, mais propriamente no Morro Bento. Começou a ouvir rap em 2003 por intermédio do seu amigo R.a com quem juntou-se em 2005 com outro seu brother Qwamme e formaram assim o Grupo M16.

 

Em 2008, com R.a, Genial, Prefácio e P. Black criaram a sua própria gravadora denominada D5 pro a.k.a Punch Recordz. Um ano depois, já com as condições criadas lançou a sua mixtape intitulada “Excêntrico” que felizmente teve boa repercussão por parte do pessoal dando maior credibilidade ao rapper, passando a ser convidado em diversos projectos, tais como:

· Coletâneas 1º e 2º xtágio (lançando pelo MUM)

· Mixtapes Bulletproof e Profissional Rapper (100 dollarz)

· Mixtape Prova de Hatterz (Genial)

· Mixtape 15 doses (Mono)

· Mixtape O que xperavam (P. Black)

· Coletânea Xtilo Clássico (lançado pela EC recordz)

· Mixtape Conferência de Chirah (Chirah)

· Compilação Mic Aberto (Aka Bill)

 

O seu single, gravado pela Diferencial Produsons, estará disponível brevemente.

 

O mano terá aqui no Blog um projecto intitulado “Tranxpiração!!! vol. 1 onde disponibilizaremos 2 sons todas as quartas-feiras, a partir do dia 16 de Fevereiro, durante 7 semanas. Enquanto o dia não chega fiquem com um dos sons mais recente do brother.

 

Link para download: Mediafire


FRAGMENTOS ESTRUTURADOS (PROMOS) [SOMBRA]

| 2 comentários | sábado, 12 de fevereiro de 2011
|

Sombraa

 

Fragmentos Estruturados é um projecto que está a ser levado a cabo por Sombra e que terá como produtores o Levell Khrónico, Khonfuzo aka Haudaz, Ricardo 2R e outros não menos importantes. Enquanto a cena não chega, Sombra lança esses dois sons promocionais para aquecerem as ruas.

 

Paz

 

01. Nosso Rap

02. Nostalgia Soberba

 

Link para download: Mediafire


ALMANAK PENSAMENTAL (PROMO)

| 0 comentários |
|

 

almanak1_sangraphix

 

Tracklist:

1. Alteridade (Prod. San Caleia)

2. Descaminhos (Com B. Step) (Prod. San Caleia)

3. Céu Azul (Prod. San Caleia)

4. Oxigenação (Prod. Levell Khróniko) "som indisponível"

Captação: Aguas Turvas excepto a 4ª-Congo Records

Misturas: San Caleia pela Aguas Turvas

Design: sangraphix2011

Contactos: 928244260/917078970/923387573

e-mail: almanakpensamental@hotmail.com

www.cxnegra.blogspot.com

Link para download: Mediafire


MIXTAPE INGOMBOTANO [SLASH]

| 0 comentários |
|

slash


MADALENO [CALYPAFF]

| 0 comentários |
|

CALYPAFF

Calypaff, membro da Nova 3G Recordz encontra-se a trabalhar a sua Mixtape Modo de Viver, mas como aquecimento mandou o seu primeiro trabalho na Nova 3G, intitulado Madaleno.

 

Link para download: Mediafire


MIXTAPE OLHEM PARA ESTE WUY [BLACK SAM]

| 0 comentários |
|

FRONT

“A Mixtape “Olhem Para Este Wuy” começou a ser gravada em 2010 nos estúdios da Diferencial pelo Boni e o Raiva, passou pelo estúdio do Dimensão e teve a sua finalização na Raiva Baby.

O título Olhem Para Este Wuy vem numa fase onde há muita especulação no rap e a célebre frase que o rap está morto, mas não, ainda há pessoas que o fazem e o fazem bem, olhem para aqui.

 

A mesma Mixtape conta com 15 músicas, todas no estilo rap e conta com as participações de Raiva, CMC e Boss Nivas  a.k,a Nivaldo Fragas.

Tinha o lançamento previsto inicialmnete para o ano passado, mas por motivos técnicos e alheios a minha vontade não foi possível. Desde já, aproveito para pedir as mais sinceras desculpas a todos os  amantes do rap e da boa música.

Espero que curtam a mixtape, critiquem, dêem opiniões porque as críticas nos fazem melhorar cada vez mais. Thanks a todo people que esteve ligado à mixtape, para todos os blogs que muito têm feito pela divulgação desta cultura de rua.”

Black Sam

One loveeeeeeeeee

 

Tracklist:

01 – Intro (Olhem Para Este Wuy)
02 - Madonas
03 - Angola Na Mente
04 - M.A.R.K. (Morte Ao Rap Kuduro)
05 - Black Mothefuckers (B.M.F ) Com Boss Nivas
06 - El  Animal
07 - Street Life (Paper Chase)
08 - On To The Next One (Com Raiva)
09 - Quero Ser... QueroTer
10 - Run This Town (Com Raiva)
11 - O Suspeito De Costume (Hater)
12 – Vencedores (Com CMC)
13- O Fim Da Mixtape (Olhem Sempre Para Este Wuy)
14 - No Turn back (Remake) Bonus Track
15- Estado de Alerta (Remix Official) - Raiva Com Black Sam e Ready Neutro - Bonus Track

 

Link para download: Mediafire


DRUNK MASTER BREVEMENTE EM CABINDA

| 0 comentários | quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011
|

drunk_master


MIXTAPE POESIA URBANA VOL. 2 [LADILSON]

| 1 comentários |
|

 Poesia Urbana Vol. 2

 Poesia Urbana Vol. 2 ._[3]

Ladilson, mc da Nova 3G Recodz, nos traz o segundo volume da sua saga de mixtape “Poesia Urbana”. Ladilson mostra-se mais evoluído em relação ao primeiro volume e com isso nos oferece uma mixtape mais madura e que mostra realmente que é um mc a ter em conta, levando assim a ter sentido o seu aka “Mc do Futuro”.

 

Link pra download: Mediafire


CONFIA DESCONFIADO [CÉLIO PY]

| 0 comentários |
|

ClioPy2

 

Link para download: Sendspace


 

Blog Archive